Capítulo 16 - Sonho

 

Capítulo 16- sonho
Cheguei em casa já era de noite, tomei um banho, vesti minha roupa de dormir e peguei meu notebook. Olhei rapidamente o Facebook e já havia umas cinco solicitação de amizade, a maioria dos irmãos Blacks, e do pessoal do colégio. entrei no Twitter e outras redes sociais, em nenhuma delas havia sinal de Geena , talvez ela não se importasse comigo afinal, talvez nunca tenha se importado de  verdade . Desliguei o notebook e peguei o celular que por incrível que pareça estava em 80% de bateria, o que e um milagre, já que ele só vive descarregado, não vive na verdade.
Entrei no whatsApp , havia algumas mensagens dos grupos, mas havia também uma mensagem de Geena, abrir.
"Acho que essas semanas longe uma da outra foi a melhor coisa que poderia acontecer.
A nossa "amizade" precisava disso, eu finalmente puder ver quem você e de verdade... Eu sinto muito que só puder ver isso agora. Somos diferentes . o Thommy e uma pessoa maravilhosa, que o tempo todo estava O meu lado , e me mostrando quem você e de verdade. Não posso dizer que os anos que passamos uma oa lado da outra foram ruim, mas teria sido bem melhor sem você por perto! Assim, eu não teria me decepcionado, como estou agora.
Adeus! Talvez algum dia você possa ver o quão maravilhosa eu fui, e tentei ser com você, mais não da pra aturar tudo!!!!! Finalmente você mostrou a sua verdadeira face! Beijos !"
Que diabos ela esta dizendo? Como assim, ' quem eu sou de verdade?!' . O Thommy e um cara maravilhoso?!
"Verdadeira face" foi o que ela havia escrito, o que isso quer dizer?!
Estou com muita raiva para pensar sobre isso, ela muito provalvemente inventou isso, ou o Thommy inventou!
De qualquer forma, eu nunca mais quero ve- lá . Nunca. Mais.
Pensei um pouco em que resposta dar, mais tudo que se passava pela minha cabeca era, perguntar sobre o que ela estava falando, mais não quero ter assuntos a falar com ela, alem do mais, ela provalvemente nem vai responder, ate porque e mentira!
O próprio Thommy poderia ter enviado a mensagem, maia duvido que a Geena não soubesse.

"Ola para você também! Engraçado, a sua mensagem diz exatamente tudo o que eu queria te dizer, eu realmente acho que esses semanas longe serviu de muita utilidade, afinal, eu sim, pude ver a pessoa que você e, alias, eu pude ver quem você e  antes de vir para Forks. Agradeço por você ter mandado a mensagem , pois eu mesmo iria mandar ela pra você!"

Eu queria xinga- lá de todos os palavrões possíveis
"Alias, fico muito feliz em saber que você aprendeu a digitar corretamente"
Eu prcisava desabafar com alguem, America estava online.
WhatsApp on:
Eu : Meeelri!!
America: oi bella,
Digitando....
Como foi o final de semana?
Eu : foi bom, tenho coisas para contar, eu posso te ligar?
 A resposta de America chegou alguns segundos depois.
America: pode.
WhatsApp off
Liguei para America e conversamos , falei para ela que Travis viria final de semana, falei que achei ele meio estranho, mais America disse que poderia ser só cansaço da parte dele.
Falei sobre a mensagem de Geena, e tanto eu , como America concordamos que a Geena e una verdadeira vaca e que eu não deveria me importar. Quando falei que o melhor amigo do meu pai, e o pai Do Jacob, e que passamos o final de semana "juntos" , America surtiu do outro lado da linha, e disse mil vezes o quanto estava com inveja já que passou o final de semana com a avó que e cadeirante. Depôs de conversar com America, fui dormir.
                        ***
Havia algo ali, eu podia ver, mais do que isso, eu podia sentir. Havia alguem ou algo ali, isso eu tinha certeza, mais eu não sentia medo, era como se fosse algo familiar...
- quem esta ai- silencio- eu sei que tem alguém. ai - derepnete um vento forte bateu Nos galhos das arvores, e a floresta estava fria de repente.
Dei alguns passo a a frente , depois mais dois, três, quatro...
Em um piscar de olhos, eu fui agarrada pelas costas , a pessoa era forte - o que me fez deduzir que era homem - era alto e rápido.
Antes que eu pudesse me dar conta, ele estava em cima de mim no chão
- me solta! - gritei
As maos dele voaram ate os botões da minha calca jeans , e ele começou a tira- lá , enquanto eu me contorcia - sem sucesso - embaixo dele.
- socorro!- eu gritava.
Em  um borrão ele já nao estava mais  em cima de mim
- bella - era a voz do meu pai, maia ele não eatav em canto nenhum
- bella, eu estou aqui - ele disse
A ultima coisa que vi foi um...cachorro? ..não, não um lobo, seus olhos eram vagamente familiar , eu vi um brilho em seus olhos quando eles se encontraram com o meu.
- eu estou aqui- uma voz disse- eu sempre estarei.
Abri os olhos assustada, meu pai me olhava nervoso
- bella, ta tudo bem?
- foi só um pesadelo - realmente ,e que pesadelo hein, no momento em que vi aquele olhos...algo era me familiar, eu me senti segura, eu poderia jurar que a voz veio daquele lobo..?
- tem certeza?- ele colocou a mao no meu rosto, como se para saber se eu estava realmente acordada
- eu to bem- falei - juro
- tudo bem - ele suspirou - qualquer coisa só gritar
Ele saiu, e eu Fechei a porta atrás dele, euestava estranhamente suas a em uma noite muito fria. Olhei em volta, tudo parecia exatamente igual como antes de eu dormir, só que a minha janela estava aberta, mais eu jurava que havia fechado ela, não, eu tenho certeza que eu Fechei.
Talvez Charlie tenha aberto ela enquanto tentava me acorda. Fui ate a janela, e antes de puxa- lá pra baixo, reparei que havia uma sombra em meio as árvores... Talvez seja só a minha imaginação, fechei a janela e voltei para minha cama, amanha o dia seria longo.

 

Dayana Januário. Uma Adolescente de 17 anos, cacheada, catolica e Apaixonada Por Tudo Que Envolva Romance, Livros, Filmes, Músicas, Fotografias, e Blogs

COMENTE COM SUA CONTA GOOGLE+
COMENTE COM SUA CONTA BLOGGER

Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...