Fanfic: Capitulo 27 - Day ♡

07 janeiro 2018

Fanfic: Capitulo 27


Capitulo 27
A casa de Edward era grande e por isso demorei um pouco mais do que pretendia para encontrar Kacey que estava no banheiro.

- Kacey – gritei logo que reparei ter chegado ao meu destino – Kacey você está ai?
- Bella! – ela disse, Kacey estava sentada no chão do banheiro agarrada aos joelhos.
- O que houve?
- Não sei dizer Bella, acho que me sentir mal apenas. Estou com uma sensação ruim.
- Vai ficar tudo bem – tranquilizei ela – vamos voltar pra festa, dai pegamos uma agua pra você se sentir melhor.
Ajudei ela a levantar e saímos do banheiro, já estávamos virando o correndo que dava no jardim quando Kacey lembrou que havia esquecido sua bolsa na bancada do banheiro.
- Eu vou la pegar – ela disse
- Nada disso, deixa que eu vou, procure o Travis ele está em uma mesa um pouco afastada das outras. Vai pra lá, eu já estou indo.
- Tudo bem – ela disse e logo sumiu virado no corredor.
Voltei para trás, voltando para o banheiro, do nada senti um arrepio estranho, quando cheguei, a porta do banheiro estava fechada, eu podia jurar que deixei ela aberta... mas outra pessoa deve ter entrado logo depois de sairmos. Bati na porta *toc* *toc*.
Nenhuma resposta. Talvez eu tenha fechado a porta, se tivesse alguém lá dentro já teria respondido.
Abri a porta devagar, entrei, não havia ninguém lá dentro, a bolsa de Kacey estava em cima da bancada, exatamente como ela dissera, peguei e sair do banheiro, dessa vez, preferir deixar a porta aberta.
Senti o meu corpo se chocar contra a parede no momento seguinte derrubei a bolsa de Kacey no chão, fiquei em pé, tentando entender o que estava acontecendo, dessa vez um chute na perna, cai de joelhos.
Mãos fortes agarraram meus cabelos me arrastando para dentro do banheiro, tentei gritar, mais a minha voz não saia, chutei, chutei, chutei, mais nenhum chute atingiu meu agressor, depois disso, só me lembro de apagar aos pés do meu agressor no chão do banheiro.
---------------------------------
Acordei meio grogue, uma dor horrível no pescoço, senti o vento no rosto, e um cheiro familiar... Travis. Ele segurava o volante do carro firme, seus olhos estavam fixos a frente, nem reparou quando despertei.
- O que houve? – perguntei sem entender, em um instante estava na festa e agora estou aqui. Com o Travis.
- Eu estava esperando você acordar para te perguntar isso – ele sorriu, mais não teve graça.
- Do que você está falando? Porque não estamos na festa?
- Você saiu para ir no banheiro procurar a Kacey, minutos depois ela voltou e disseque você tinha voltado para ir buscar a bolsa dela no banheiro. Você sumiu por mais de uma hora, resolvemos ir lá e ver onde você estava. Mais você não estava lá Bella, procuramos a festa toda, você não estava em canto nenhum, ninguém tinha visto você. Começamos a procurar você ao redor da casa e te encontrei um pouco distante, você estava caída no chão, no meio do mato, machucada.
- Só me lembro de ter sido empurrada para parede quando estava saindo do banheiro, depois fui arrastada para dentro do banheiro, e ai apaguei.
- Você... você.... Quase me matou do coração. Quando não vi você em canto nenhum eu fiquei desesperado, Bella... eu fiquei com medo. – ele suspirou – quando eu descobrir quem fez isso com você....
- Quem faria algo assim comigo? Quem teria interesse em me machucar?
- Não faço ideia, acabei de chegar a cidade. Você nunca foi uma pessoa de ter inimigos.
- Não mesmo – "eu não, mais o Jacob..." - aonde estamos indo?
- Para o hospital, preciso me certificar que você está realmente bem
Sempre precavido e preocupado, essas era umas das muitas qualidades do Travis.
- Você sabe que horas são, deixe eu te lembrar são 02:45 da manhã. Onde você está?
- Eu sei... me desculpe, estou no hospital
- O que? O que houve? Está tudo bem? Estou indo pra agora pra ir
- Pai, calma. Está tudo bem.
- Se realmente estivesse tudo bem você estaria em casa, e não, no hospital.
- Está tudo bem, eu só-
- Estou indo ai agora – e desligou o telefone.
- O que o Charles disse?
-Está vindo para cá. Agora.
Eu não conseguia entender o que estava acontecendo, primeiro aqueles rapazes na boate que queria mexer comigo, depois o acidente com o carro e agora isso. Tem algo acontecendo e eu preciso descobrir o que é!
- Você vai contar a verdade?
- Não. É melhor dizer que eu cair e m machuquei um pouco.
Eu não estava muito machucada, apenas uns arranhões e um corte na testa, nada que uma queda não fizesse.
- Acho que deveríamos contar, seu pai é da polícia, se tem alguém ai querendo seu mal é melhor ele está ciente
-É mais complicado que isso... no momento certo eu vou contar, mais agora, preciso que confie em mim – segurei as mãos de Travis, ele pareceu gostar do meu toque, e acariciou minha mão.
- Eu estou com você pra tudo, sabe disso. Mais preciso saber o que está acontecendo, e como posso te proteger.
- Jacob já está me protegendo
- Sério? E onde ele está agora?
Fiquei sem resposta, sei que Jacob está escondendo algo de mim... talvez até saiba quem está querendo meu mal, mas não quer contar...
- Bella! - a voz do meu pai ecoou pelo hospital, ele chegou perto da cama onde eu estava sentada e me abraçou forte.
- O que aconteceu?
- Eu... cair na festa. O Travis como é super preocupado não quis me deixar ir pra casa sem saber se realmente estava tudo bem – eu sorrir para Travis, e ele sorriu de volta, Charles olhou para ele.
-Achei que fosse sair com a Kacey
- Travis estava na festa, ele viu quando cair e me ajudou.
- Ele te trouxe ao hospital por que você simplesmente caiu?
- Ela bateu a cabeça – Travis respondeu – ficou meio grogue, quase que inconsciente, disse que sentia dores na cabeça, resolve não remediar.
- Porque você caiu?
- Acho que tropecei em alguma coisa... ah vamos deixar isso pra lá, estou cansada, quero ir pra casa.
- Bella... há alguns dias eu recebi uma ligação do hospital dizendo que você tinha sofrido um acidente de carro, e sabe onde eu pensei que você estivesse? No seu quarto, dormindo. Mas você não estava, estava no hospital, Bella você sofreu um acidente de carro, e eu nem ao menos vi a hora que você saiu...Então me desculpe se eu fico preocupado quando da 02 horas da manhã, e nem se quer tenho notícias suas.
- Eu entendo – disse compreensiva – mais está tudo bem.
- Você diria se não estivesse?
- Diria. Sem nem pensar duas vezes. Não quero que se preocupe.
- Impossível. Vamos embora
Chegamos a porta do hospital, me despedi de Travis.
- Obrigada por tudo – disse a ele, que sorriu de volta.
- Obrigada Travis – Charlies disse – por cuidar da Bella
- Eu amo cuidar dela
- Eu também – Charles disse



------------------------------------------------------------------------------
Me digam o que acharam e me deem sugestões para a historia.
Beijos 


SUBIR

Atualizações do Instagram