Fanfic: Capítulo 29 - Day ♡

30 março 2018

Fanfic: Capítulo 29

Capítulo 29 - Novidades 


O caminho de volta pra casa nunca foi tão longo. 
Se isso tudo era um sonho, queria acordar agora, estava disposta a estar com ele, mas ele não queria mais. 
Porque ? Ontem disse que não desistiria de mim, mas hoje  não pensa mais assim? 
Achei que ele gostasse de mim...Não acredito que ele me enganou. Será que tem algo a ver com as últimas coisas ? 
Eu estava no escuro, desolada. 
                                 *** 
Fazia semanas que Jacob não aparecia na escola, e nas poucas vezes que via América ela evitava falar dele, eu sentia inveja dela, pois provavelmente  ela o via com frequência. 
E eu também não via muitos os irmãos de Jacob. 
A escola toda parecia saber do nosso termino, e eu entrei pra estatística de exs do Jacob. 
Em casa meu pai também evitava falar nele, apesar dos vários pesadelos que tenho tido com o Jacob. Meu pai insistia que eu voltasse a sair com meus amigos. Era difícil já que todos que eu conhecia: 1) ex do Jacob, 2) gostavam do Jacob, 3) odeiam ele, 4) amigos dele. 
Vários garotos haviam me chamado para sair, mas nenhum deles me fazia me senti bem como Jacob, exceto Travis, mas ele havia voltado a Los Angeles para resolver assuntos que ficaram pendentes . 
                                *** 
Em mais uma noite de pesadelos, meu pai me acordou, ele estava triste ,e sei que ele estava assim por minha causa. 
-Sua mãe ligou 
-sim? – Eu disse, nem um pouco animada. 
- está voltando a los Angeles 
- legal. 
- estou preocupado com você. 
- porque? Nunca mais me buscou no hospital – sorri , mas não teve graça. 
- Sei que esta triste por causa- 
- do Jacob 
- de tudo que aconteceu – assenti – quero que volte para sua mãe 
Suspirei – está me mandando embora ? Sei que parece que estou triste, mas amo está aqui 
-Você tem pesadelos quase todas as noites e grita o nome dele, não achei que as coisas terminariam dessa forma 
- Esta tudo bem 
-Não está, você só parece está bem quando está perto do Travis e agora ele também está lá. Não estou te expulsando, quero te ver bem. Você pode ver seus antigos amigos, conversar com sua mãe sobre... Você sabe, ver o Travis, esquecer um pouco das coisas que aconteceram aqui, e quando estiver realmente bem,pode voltar . Quem sabe daqui a 2 semanas? 
- e a escola? 
- Você é uma excelente aluna, 2 semanas da pra você recuperar 
Eu sabia que ele estava certo, eu precisava de tempo. 
-sabe...O pior de tudo? 
Ele negou com a cabeça 
- Todo mundo sabia no que ia acabar... igual todas as outras exs dele. E eu sabia, mas eu pensei que fosse diferente comigo. 
- aparentemente todas as outras pensaram as mesmas coisas 
- acreditei nele, pensei que gostasse de mim. Sabia que não deveria confiar nele... Mas confiei. Eu trair o Travis, não posso culpa – lo por isso, é claro – fechei bem os olhos, a confiança que sentia nele, o amor... Ele não me deixaria assim, deixaria? Eu sei o que ele é, e a sua família. Não acredito que acabou, não aceito. Alguém estava tentando me assusta (e conseguiu) talvez essa pessoa seja tão ruim ao ponto de assusta o Jacob também, e por isso ele me deixou. Esta tentando me proteger ? Ele não poderia me dizer, é algo me diz que se pudesse não diria... Mas América... – não quero pensar que deixei tudo em vão 
- Sempre achei que ele gostasse mesmo de você, ele pareceu sincero. Um tempo longe daqui vai fazer você se sentir bem 
Eu precisava sim conversar com Minha mãe sobre o fato de Charles não ser meu pai biológico,  mas não queria, isso traz dor a mim e sei que ao meu pai também. E não quero ver a Geena, e o Travis... Quando estou com ele todos os problemas parecem estar longe, ao mesmo tempo tenho medo dessa sensação.  Quando estava longe do Travis eu senti uma sensação parecida com Jacob mesmo tendo certeza que amava o Travis... 
-espero que você não arranje motivos para ficar lá, como arranjou para ficar aqui. 
                            **** 
Estava decidido, eu voltaria a Los Angeles por alguns dias, eu não queria ir, Jacob poderia aparecer a qualquer momento de novo e eu queria saber o que estava realmente acontecendo. 
É possível alguém dizer que não “desiste” de você em um dia e terminar no outro ? 
Preciso saber se eu sou só mais uma ex ou fui alguém especial... Eu não desistiria fácil, mas nada iria adiantar agora, afinal Jacob está em algum lugar que  eu não sei onde é! Quem sabe ele volte quando eu for. 
                              ****** 
Sol. Sol era algo que eu não via faz tempo, afinal Forks é tão fria e chove o tempo todo. Mas hoje o céu de Los Angeles estava “aberto”, um azul perfeito sem nuvens, fazia calor, e eu mal via a hora de colocar um de meus shorts que ficaram na casa de minha mãe. 
Quando cheguei em casa Lúcia já estava a minha esperança,  eu esperava ver minha mãe e não a nossa empregada, mas tudo bem não sei se estou ansiosa para vê -lá. 
-Bella quanto tempo! – me abraçou, Lúcia era doce, tão meiga, queria ser um pouco como ela – como foi a viagem? Me conta 
- Aconteceram tantas coisas. 
Resumidamente resumo os fatos, Charles não é meu pai, terminei com Travis,  namorei Jacob, terminamos, fiz amigos, a escola era legal, meu pai era legal e fim. Ela fez algumas perguntas tipo: Você é o Travis namoravam a dois anos! O que o Jacob tem de tão especial? Ou Como é o Jacob?, Porque terminaram ? , Como foi a convivência com seu pai? 
Tentei responder todas sem prolongar muito, a maioria das perguntas era sobre Jacob ou Travis,  e eu não estava afim de falar de nenhum dos meus exs, até porque eu partir o coração de um, e o outro partiu o meu. 
Meu celular tocou com uma mensagem. 
“Já chegou?  Estou louco pra te ver! Vamos nos ver depois do trabalho? “ 
Travis,  eu pretendia falar com minha mãe antes de vê -lo, pois sei que ele irá me animar se a conversa aqui não for muito boa. 

- Quando minha mãe chega? 
- Já deve estar chegando, enquanto isso, porque não ajeita suas coisas no seu quarto. 
Meu quarto continuava o mesmo, a cortina rosa agora balançava com o vento, a cama super arrumada, bem diferente da última vez que a deixei, tinha alguns livros meus que ficaram para trás em um nicho na parede, dessa vez eu não esqueceria ele. 
Coloquei minha mochila na cama, por sorte eu não precisei trazer muita coisa, já que em Forks eu só usava roupas quentes, e aqui eu não precisaria delas, mas com certeza voltaria com uma mala de roupas novas a Forks, eu não era muito chegada em fazer compras, mas tinha roupas que a gente só encontra aqui. 
-Nossa, eu estava com tantas Saudades! – minha mãe já entrou no quarto partindo para o Abraço,  eu a abracei seu cheiro familiar parecia reconfortante, e ela parecia mais bonita, diferente desde a última vez que a vi . Quando estava em Forks eu não havia falado poucas vezes com a minha mãe pelo telefone. 
- Também estava com saudades! – sorri.- temos algumas coisas para conversar...- Eu estava ensaios a por esta conversa. 
-  Eu sei... Você sabe que o Charles não é... Seu pai 
- Ele é, mas não se sangue. Algo dia pretendia me contar? 
- Na verdade não – ela se sentou na cama e eu me sentei também, não havia necessidade... 
- Achei que Charles tinha me abandonado, mas ele só estava confuso por saber que eu não era filha dele, e mesmo assim ele não me negou 
-Ele é um homem maravilhoso. Mas eu me apaixonei por outro, você consegue mandar no coração? 
Eu não poderia julgar. Poderia? Eu mesma troquei o Travis pelo Jacob antes de mesmo de termos terminado, sem nem sequer pensar direito, sem nem pensar. 
-Ele parecia tudo de bom, o seu pai era bom, mas ele.... Me fazia se sentir especial,  diferente. Fiquei dividida, depois do primeiro beijo me sentir mal, jurei que não o veria de novo, mas não consegui , eu me sentia mal, pensava em contar tudo ao Charles, mas não queria perde – lo. Até que engravidei, de você. Fiquei confusa, tinha certeza que era dele e não do Charles. Meses depois que você nasceu Charles descobriu tudo. Ele me amava tanto, me perdoou, e naquele momento eu jurei que não o trairia mais, nunca mais. Viajamos e foi perfeito, uma segunda Lua de Mel, mas quando voltamos, ele me procurou, queria  dinheiro, ameaçou contar para o Charles que você não era filha dele . O Charles descobriu tudo e foi embora.... O resto você já sabe. 
- Então ele é uma pessoa ruim? 
- o que ? – ela perguntou confusa. 
- Esse homem. 
- Era bom até eu decidir terminar de vez com ele. Nunca mais o vi desde então. 
Ficamos em silêncio por alguns minutos, mamãe olhava para todos os cantos, menos pra mim. Até que ela disse : - me apaixonei de repente,  hoje me pergunto se realmente foi amor. A gente só dá valor quando perde. Só depois que perdi o Charles vi o quanto ele era e é até hoje um homem espetacular, eu o amei tanto... Mas me deixei levar pro prazer momentâneo, perdi um relacionamento de anos... Mas, vamos falar da viagem! – ela sorriu – tenho novidades . 
- Fechei parceira com uma grande empresa de lá. Viva!-  ela disse Feliz – e agora a super novidade.... Estou namorando! 
Fui pega totalmente de surpresa 
- o que? Quem é? 
- O novo sócio da empresa. Estamos apaixonados! – entendi o motivo da felicidade dela 
- Você podia ter me ligado e contado antes! 
- Da mesma forma que você me ligou pra contar que terminou com o Travis e estava namorando outro cara 
- O nome dele é Jacob 
- E como ele é? 
- Terminamos ! 
-Tudo Bem, não vou esfregar minha felicidade na sua cara. Você vai conhecer ele hoje a noite. 
- Eu ia sair com o Travis – alertei 
- Mas vocês não terminaram? – ela parecia confusa. 
- Somos amigos 
- Ah claro!  - irônica!- lógico que são, aposto que viu a grande merda que você fez e quis reconquistar ele. 
- Isso não é verdade 
Ela jogou a almofada em mim, e foi em direção a porta. 
- Leve ele ao jantar. - gritou antes de sair 
----------------------------------------------------------------
Para escrever esse capítulo tive que voltar nos primeiros capítulos da Fanfic para relembrar algumas coisas.
Eu reparei que melhorei bastante no modo de escrever e organizar as idéias. Vocês também acham? 
Beijos 😘



SUBIR

Atualizações do Instagram